Logo



Posts Recentes

8 de out de 2013

Resenha: Nato in un giorno azzurro



Editora (Versão Italiana): Editora Rizzoti
Estilo: Biografia
Autor: Daniel Tammet
Páginas: 226


Sinopse: Daniel vê os números: como formas e cores que combinam mentalmente e instantaneamente. Qual é o seu segredo? Uma forma de autismo chamada Síndrome de Asperger, que dá aos seus portadores uma espécie de memória sem explicação, mas também dá uma grande dificuldade no relacionamento com as pessoas a sua volta. Daniel é uma criança muito sozinha. Na escola sofre de bullying, em casa é irremediavelmente diferente, mesmo sendo muito amado pelos pais. É um adolescente muito timido e atormentado, completamente fora da sociedade dos demais. E também quando adulto a vida não é fácil, há sérios problemas de coordenação, deve comer todas as manhãs a mesma quantidade de cereal, não pode sair de casa sem antes contar quantas peças de roupa tem em seu corpo. Mas o apoio da família, o empenho de viajar em busca de novas experiências, e a descoberta do amor com Neil, o companheiro 
conhecido graças ao primeiro computador, darão a vida de Daniel uma direção nova. Os muitos espertos que a anos estudam a sua mente, definiram Daniel Tammet "A ESTRELA DE ROSETTA DO AUTISMO", pela sua capacidade excepcional de contar os mecanismos dos seus próprios pensamentos, de descrever emoções e sentimentos.


"Nato in un giorno azzurro" não é somente uma testemunha única, e sim uma viagem no psicológico de um gênio, e também uma história entusiasmante que conta sobre as diferenças do próximo. E nos lembra que, independente de qualquer doença, deficiência ou dificuldade, a confiança, a perseverança e o amor, são as chaves para uma vida completa e feliz! 



 O livro, que também se encontra na versão português (Nascido em um dia azul) me chamou bastante a atenção. Dizem que nunca devemos julgar um livro pela capa, pois o melhor está dentro. Mas foi a capa que me chamou atenção, não exatamente a capa, mas o nome. No começo eu pensei que se tratasse de alguma história diferente do que realmente é, e quando a minha professora me falou do que se tratava, eu senti como a necessidade de ler e acho que ela leu no meu olhar, pois ela logo disse: "Jordana, você quer lê-lo? Se sim pegue e fique a vontade!" No começo não era tão entusiasmante, mas no decorrer da história, eu me sentia parte dela, era como se eu estive ali, presenciando cada momento que ele passou. É uma história bonita, que fala de superação, vitória. Muitas pessoas o viam diferente pelo seu modo de ser, o via diferente por que ele havia nascido com uma deficiência, mas ele era o que é, e é um vencedor, pois ele mostrou ao mundo que mesmo com todas as dificuldades, ele é alguém feliz, e acho que é isso que devemos pegar como lição. A mensagem que Daniel quis transmitir, acredito que seja: "Não importa quem você é, como você é, independente do seu jeito, você é alguém e vai encontrar a felicidade". Sim, eu aconselho a leitura desse livro, pois ele nos passa muitas mensagens que talvez não possamos ver ou percebê-las no dia-a-dia, mesmo que elas estejam de frente aos nossos olhos. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário