Logo



Posts Recentes

21 de abr de 2014

Resenha: Eu sou Malala


Editora: Companhia Das Letras
Autora: Malala Yousafzai com Christina Lamb
Páginas:  327

Quando o Talibã tomou controle do 
vale do Swat, uma menina levantou a voz.

Sinopse: Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou por seu direito á educação. Mas em 9 de Outubro de 2012 ela quase pagou por isso com a vida. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus enquanto voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria.
A recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para os salões das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a mais jovem candidata da história ao prêmio Nobel da Paz.


"Conheci" a Malala através da minha professora de Sociologia, ela mostrou pra turma um vídeo sobre ela e pediu que a gente comparasse os jovens do Brasil com o do Paquistão em relação a educação e se baseando na historia da Malala. Achei incrível como uma menina tão nova, quase da minha idade teve e tem uma coragem ao ponto de arriscar sua vida pela a educação e eu aqui com medo de ir na cozinha no escuro. Sabe o que é mais incrível ? é a importância que eles dão pra educação, vamos comparar com o Brasil, jovens tem acesso a educação de uma maneira tão fácil, muitas vezes os pais pagam um absurdo em escolas particulares para os filhos e eles não sabem valorizar, levam tudo na brincadeira e não da importância pra isso. Não leva a serio os estudos e não pensa nas consequências no futuro, enquanto la nesse pequeno vale onde a Malala mora, as meninas não tem direito a educação e mesmo correndo risco de vida, elas não deixa de ir a escola, elas não deixam de lutar pelo o que querem. Elas valorizam a educação mesmo que o futuro de muitas sejam ser apenas "dona do lar". E é isso que o livro quer passar. Mostra desde do seu nascimento ate os dias atuais,contando historias do sofrimento de um povo onde vive sobre o controle do Talibã, mostra a revolução, fala sobre todo o manifesto e sobre a dor de um povo. O livro é tão incrível que me falta palavras para poder falar sobre ele. Quem conhece a Malala - é meio difícil não conhecer, falava dela sempre na televisão- sabe da historia e sabe que vai valer muito a pena ler o livro, porque além de tudo, a gente acaba conhecendo historias passadas que talvez muitos não conhece, ou só ouviu falar mas não sabe do contexto e tal, então além de ler, vai poder sugar muitas informações e conhecidos do livro. Recomendo, vale muito a pena ler.

"A educação é o caminho para salvar vidas. Construir a paz e fortalecer os jovens. Essa é a lição que Malala e outros milhões como ela estão tentando ensinar ao mundo."
_ Ban Ki-moon

"A vida de Malala é inspiração pura. Nos leva a refletir e a sair de nossa zona de conforto. Uma sobrevivente, que por muitos anos vai ajudar o mundo a deixar viva a luta pelos direitos humanos  em qualquer lugar do planeta."
_ Luciano Huck

"Prefiro receber com honra seu corpo crivado de balas, a ter notícias de sua covardia no campo de batalha."

"Nenhuma luta jamais logrará êxito sem que as mulheres participem lado a lado com os homens. Há duas forças no mundo: uma é a espada e a outra é a caneta. Há uma terceira força, mais poderosa: a das mulheres." 

"Comecei a entender que a caneta e as palavras podem ser muito mais poderosas do que metralhadoras, tanques ou helicópteros. Estávamos aprendendo a lutar. E a perceber como somos poderosos quando nos manifestamos."

 "Nós, seres humanos, não percebemos como Deus é grande. Ele nos deu um cérebro extraordinário e um coração amoroso e sensível. Abençoou-nos com a capacidade de falar e expressar nossos sentimentos, dois olhos para ver um mundo de cores e beleza, dois pés que caminham pela estrada da vida, duas mãos que trabalham para nós, um nariz que aspira fragrâncias deliciosas e dois ouvidos para escutar palavras de amor. Como descobri quando não conseguia ouvir direito, ninguém sabe quanto vale um órgão até perder um deles."



8 comentários:

  1. Essa garota, com dezesseis anos foi capaz de lutar pelo o que ninguém teve coragem de fazer, quando tiver trinta ela derruba o país pra conseguir construir um melhor.
    Malala foi assuntos de muitas aulas de sociologia na faculdade e realmente, ela tem a coragem que muitos não tem, luta por algo que acredita ter direito em um país que a igualdade não existe

    allstaresaltoalto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você falou tudo, se o mundo fosse cheio de "Malalas" teríamos um mundo bem melhor e ninguém iria precisar ficar reclamando de nada, porque so sabem reclamar mas não levanta nenhum dedinho pra tentar mudar o que eles acham que esta errado !

      Excluir
  2. Olha que interessante! Fiquei curiosa para ler! O importante é correr atrás dos resultados!

    Bjs e ótima semana!



    Meu blog: http://thaiscavalcantemodaebeleza.blogspot.com.br/

    E a minha FANPAGE: https://www.facebook.com/publicitariaqueblogamodelaemaquia


    Vídeo novo! -> https://www.youtube.com/watch?v=s6H6hYX3Ap8

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari, me interesso muito por livros com temas semelhantes a esse. Muito boa sua resenha.
    Beijos.
    Tão doce e tão amarga./

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é sempre bom ler livros desse genero, vale muito a pena !!

      Excluir