Logo



Posts Recentes

21 de jan de 2015

Paixão de verão


Férias, verão. Ah, como tudo isso é pra la de bão. Alguém ai já teve uma paixão de verão ? Ai senhor, juro para vocês que não queria ficar rimando assim, só que foi inevitável mas, ok, pararei com isso ou pelo menos tentarei. Mas vamos  voltar ao nosso assunto “paixão de verão”. Eu não sou dessas pessoas que vivem sonhando com amores de verões, com príncipes encantados e que o cara da minha vida ira estar bem na minha frente, a menos que aconteça, por exemplo eu tenho umas manias meias loucas de algo acontecer e eu ficar criando historias da minha cabeça, tipo conheci um garoto em uma praia e foi tudo a mil maravilhas, na minha cabeça já crio uma historia de um romance que daria um livro dos bons, com começo, meio e fim. Mas consigo ser bem  pé no chão (as vezes).  Mas, deve ser muito bom poder viver uma paixão de verão né?! Ainda mais na praia na qual o ambiente é favorável para rolar um clima, só quem viveu sabe como é. Tem algumas pessoas que tem a sorte divina de ter uma paixão de verão e fazer dela mais que uma paixão de verão, se é que me entende. Outros conseguem entender que a tal paixão de verão vai ficar ali só no verão e outros (tadinhos) ficam apaixonados de verdade e se f... poise é a vida. Mas, e vocês já viveram algum romance assim ? Olha esses dias tava pensando nisso, aconteceu algo parecido comigo que irei compartilhar com vocês, mas peço que nunca conte a ele (como se vocês o conhecesse, tenha santa paciência Mari) ou espero que ele nunca leia isso. Foi assim ...


Ao chegar na cidade, logo quis ir para praia, até porque eu estava alí por isso mesmo, mesmo não sendo muito fã de mar, agua salgada, areia grudando no meu corpo e enfim, mas fui e fiquei la sentada naquelas tipicas barracas na beira do mar. Eu sou daquelas pessoas que ama admirar a beleza das pessoas e quando falo pessoas, não me refiro a penas homens, até porque existem muitas mulheres bonitas por ai e afirmar isso não me faz menos mulher.  Continuando. Estava lá observando ao meu redor e pra ser sincera com vocês, tinha cada homem bonito de fazer meus olhos cintilar (risos), mas apenas um me encantou, ele não era o mais bonito de todos, mas por algum motivo que naquele momento eu não sabia é que ele tinha me encantado, e eu sou uma pessoa bem discarada, admito. Eu tenho mania de ficar olhando para pessoa, mas quando essa pessoa me olha bate uma vergonha danada que logo quero me esconder. Trocamos alguns olhares foi tudo tão lindo. Pensei que não viria ele de novo tão cedo até porque no outro dia fui pro mesmo local, na mesma hora e ele... bom ele não estava la. Tinha outros caras bem mais interessantes la, mas não sei porque pra mim so vinha ele na minha cabeça e fazia ignorar o resto do mundo.  No mesmo dia resolvi sair a noite, então eu fui para uma passarela na qual é cheia de barraquinhas com comidas deliciosas, e lá estava eu com um tedio, escutando papo de familia na qual não me interessava, até que... ele aparece do nada, não acreditei, fiquei um tempão olhando pra saber se era ele mesmo e sim era ele. Ele acabou entrando em um restaurante na qual tinha nessa passarela, e por sorte meu pai pediu pra eu pegar uma cerveja pra ele naquele restaurante, então entrei com minha prima la e fiquei olhando pra ele, mas precisava urgentemente ir no banheiro. Lá existe tipo uma salinha de recepção antes do banheiro e eu fiquei la e adivinha? Ele apareceu la, mas não disse nem um oi, apenas sorriu pra mim e era o sorriso mais lindo que já tinha visto na vida. No outro dia acredita que nos encontramos de novo ? Parecia destino, só podia ser destino, resolvi segui-lo (não sou uma maníaca , assassina ou uma encalhada precisando de um cara pra casar urgentemente ) e toda vez a gente trocava olhares. Cheguei a sonhar com ele, sonhei que na virada do ano ele estaria la e a gente se encontraria e se beijaria, ah e que ele morava em uma cidade perto da minha. Cheguei pra minha querida prima e disse sobre o sonho , falei que queria encontrar alguém la, mas esse alguém tinha que ser ele, apenas ele e mais ninguém. Cheguei na festa toda animada, vi a queima de fogos e nada dele.  Tinha desistido que meu sonho concretizasse e foi ai que resolvi curtir a festa e fui dançar. Não me pergunte o porque mas resolvi virar pra tras e foi ai que eu o vi passando lindamente e não conseguir me conter e falei alto até demais : “Oh, ele veio, ele esta aqui, realmente é ele.” E sorri e ele correspondeu e veio ate a mim. Ficamos conversando, conversando e conversando, ele admitiu que foi ao banheiro por minha causa, so não entendi porque não falou nada, disse também que percebia que eu olhava pra ele o tempo todo (risos), descobrir que até que eu meio que sou vidente, pois ele realmente mora perto da minha cidade (risos) e claro rolou aquele lindo beijo que todos estavam esperando e ficamos a festa inteirinha juntos, foi tudo tão...  vou ter que dizer isso mesmo achando meio meloso, gay, sei la (risos) romântico.  Bom essa historia não teve um final... ainda. Por isso não irei termina-la para vocês, mas como eu disse quando acontece algo comigo eu tenho uma mania doida de fazer uma historia na minha cabeça e eu tentarei escreve-la pra vocês, tentarei ok?! Mas resumindo, eu so acredito vendo, paixões de verões existem e podem sim ser a coisa mais linda quando você sabe manter seus pés no chão e ter a noção que aquilo pode ter um fim e que você tem que entender isso.Bom, nem sei se vocês leram ate o fim, se foi entediante mas quero saber a historia de vocês, se já viveram um ou pretende. Sei la , compartilhe, adorarei ler e saber um pouco mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário