Logo



Posts Recentes

28 de jan de 2015

Resenha: O Teorema Katherine


Editora: Intrínseca 
Autor: John Green
Páginas: 304
Gêneros:  Ficção, Ficção juvenil

SinopseColin conhece Katherine. Katherine gosta de Colin. Colin e Katherine namoram. Katherine termina com Colin. É sempre assim. Após seu mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que só namora Katherines resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, com pura matemática, o desfecho de qualquer relacionamento. Uma descoberta que vai entrar para a história, elevando Colin Singleton diretamente ao distinto ponto de gênio da humanidade. E também, é claro, vai ajuda-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.


Sabe aquele livro que te prende e parece que o seu mundo é assim: Você e o livro e mais anda, que faz você perder ate a fome e só quando você volta ao mundo real (quando acaba de ler o livro todo) que você percebe que esta com fome, dor nas costas por ter sentando, deitado de mal jeito ao meu o livro, que esta com sede , com vontade de ir ao banheiro, com vontade de tudo ? Mas que o melhor mesmo seria voltar para aquele mundo magico de ler aquela historia cativante de novo. Então eu me senti assim ao ler esse livro, e sim estou sendo super sincera. Resolvi que hoje eu iria ignorar tudo e ia focar so em uma coisa: A leitura. Fiquei o dia todo lendo o livro e agora estou com dor nas costas (risos). Mas, ok , deixa eu parar de enrolação e vou contar um pouco da historia pra vocês. John, oh John, como eu te amo, você sabe mesmo escrever um bom livro. O Teorema Katherine é completamente M-A-R-A-V-I-L-O-S-O, pois é um livro super divertido (ri muito com ele, serio!), cheio de informações interessantes na qual se você parasse para ler em um livro comum poderia sentir um tédio, mas ao ler nesse foi maravilhoso, além disse traz um romance nada convencional e muito menos tediosa, é muito divertido  e claro traz muita (muita mesmo) Matemática e olha que eu detesto Matemática. Mas enfim, a historia fala sobre um garoto chamado Colin que namorou 19 Katherine, isso mesmo, com o mesmo nome, K-A-T-H-E-R-I-N-E. Alias, sendo sincera foram 18 katherines, mas uma delas se repetem, por isso falam que são 19 Katherines e todas elas (com excessão de uma, mas isso é segredo, desculpa se contei, era pra vocês decobrir ao ler o livro, desculpe ai) termina com ele e com isso Colin resolve fazer um Teorema na qual mostra matematicamente o desfecho de qualquer relacionamento. Basicamente a historia se resume a isso. Colin tentando realmente ser um gênio com seu Teorema e reconquistar sua amada Katherine 19. A historia como eu havia dito é super divertida, cheia de informações mega interessante, não é aquele livrinho bobo pra adolescente, é um livro extraordinário, muito bom. Eu queria muito, muito mesmo contar uma coisa que logo de cara descobrir o que acontecer no final, mas, infelizmente se eu contar perde a graça, então leiam e descubram haha. Bom eu particularmente amei o livro, esse é o segundo livro do John que leio e sinceramente ele esta de parabéns, não me decepcionou em nenhum, só me fez querer conhecer as outras obras dele. Então nem preciso dizer que este livro está mais recomendado né?! 


Citações !


É possível amar muito alguém, ele pensou. Mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela.

Eu não acho que seja possível preencher um espaço vazio com aquilo que você perdeu. Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem. Agora foi a minha ficha que caiu: se eu de alguma forma a tivesse de volta, ela não encheria o buraco que a perda dela deixou.

Eu não conseguia ouvir mais nada no mundo além de você. E, naquele momento, estava tão frio e tão silencioso… E eu te amava tanto.

aquele sorriso seria capaz de pôr fim a guerras e curar o câncer


Eu estou apaixonada por esse livro, meu marido John sempre arrasa, sempre mesmo. Espero que tenham gostado da resenha. Não deixem de comentar. Bjos !

2 comentários:

  1. Meu colega falou uma vez neste livro, eu quase comprei, mais a vontade de gasta dinheiro é pouco.
    Na biblioteca da minha cidade, eu vi mais ja estava emprestado, quando eu for na biblioteca eu vou pegar para ler.
    beijos
    http://rayssade-souza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu ainda acho que livros deveriam ser de graça e eu apoio isso u.u ele é muito bom, vale mega a pena ler. beijoos

      Excluir