Logo



Posts Recentes

15 de dez de 2015

Diário de faculdade: Nutrição

Olá meus amores, faz tanto tempo que não faço mais esse diário que hoje por algum motivo resolvi fazer -risos- acho que escolhi até para matar minhas curiosidades a respeito dessa profissão. E por que eu escolhi falar logo de nutrição ? Para quem me acompanha sabe que depois de muitos anos de sofrimento, duvidas, eu acabei optando por nutrição, mas, ainda pretendo fazer jornalismo depois. Enfim, antes de tudo, a minha escolha por esse curso foi por eu gostar de alimentos até porque nutricionista tem que amar alimentos -risos- , além de gostar de ajudar as pessoas em relação a saúde, vivo dando dicas aos meus amigos e agora estou viciada em ler rótulos das embalagens.  Realmente estou torcendo muito para que isso seja realmente o meu dom e que dê tudo certo. Além disso, antes de pensar ser uma nutricionista é super importante nós mesmo aprender a educar nossa alimentação e a pratica de exercícios até porque imagina você la passando dieta para seus pacientes e pesando 160 kg ? Temos que ser exemplo -risos-, agora chega de blábláblá e venha saber mais sobre o curso. 

Nutrição é um processo biológico em que os organismos (animais e vegetais), utilizando-se de alimentos, assimilam nutrientes para a realização de suas funções vitais.

O nutricionista é o profissional que se dedica à promoção, recuperação e manutenção da saúde por meio da alimentação. Entre as principais atividades do profissional formado em Nutrição, podemos destacar:
  • Elaborar diagnóstico nutricional dos pacientes.
  • Prescrever dietas e suplementos nutricionais para pessoas sadias ou com problemas de saúde.
  • Fazer controle de qualidade dos alimentos em restaurantes e refeitórios.
  • Desenvolver e avaliar produtos que possam ser utilizados na alimentação humana.
O nutricionista pode optar por trabalhar em áreas como: nutrição clínica, nutrição esportiva, marketing nutricional, pesquisa e indústria alimentícia; atuando em hospitais, clínicas, indústrias de alimentos, academias, laboratórios de análise alimentar, entre outros.
Para exercer a profissão de nutricionista é obrigatório possuir o diploma de bacharel em Nutrição em instituição reconhecida pelo MEC e obter o registro profissional no Conselho Regional de Nutricionistas (CRN).
O curso de Nutrição é do tipo bacharelado e tem duração média de quatro anos. É uma formação multidisciplinar que apresenta matérias como Anatomia, Fisiologia e Bioquímica, além de disciplinas específicas ligadas à Nutrição, como Dietética, Avaliação Nutricional e Composição de Alimentos, entre outras.
A faculdade de Nutrição tem uma carga horária considerável de atividades práticas em laboratório e, para se formar, o aluno precisa realizar estágio supervisionado.
Grade do curso

Entre as principais disciplinas do curso de Nutrição, podemos citar:
                                                                           Anatomia
Avaliação Nutricional
Biologia Celular
Bioquímica
Composição de Alimentos
Dietética
Dietoterapia
Educação Nutricional
Epidemiologia
Estatística
Farmacologia
Fisiologia
Fisiopatologia da Nutrição
Higiene dos Alimentos e Vigilância Sanitária
Histologia e Embriologia
Microbiologia e Imunologia
Nutrição Clínica
Nutrição Experimental
Nutrição Materno Infantil
Nutrição no Esporte
Nutrição Social
Parasitologia
Patologia
Processos Metabólicos
Psicologia
Química
Saúde Coletiva
Tecnologia de Alimentos


As melhores escolas


5 estrelas

CE Fortaleza Uece. DF Brasília Unb. GO Goiânia UFG. MG Viçosa UFV. PI Teresina UFPI. RJ Rio de Janeiro Uerj, UFRJ, Unirio. RS Porto Alegre UFRGS. SC Florianópolis UFSC. SP Botucatu Unesp. Ribeirão Preto USP Nutrição e Metabolismo. São Paulo São Camilo-SP.

4 estrelas

AL Maceió Ufal. BA Salvador UFBA, Uneb-BA. CE Fortaleza Unifor-CE. ES Alegre Ufes. MA São Luís UFMA. MG Alfenas Unifal-MG. Belo Horizonte UFMG. Diamantina UFVJM. Ouro Preto Ufop. Uberaba UFTM. MT Cuiabá UFMT. PA Belém UFPA. PB João Pessoa UFPB. PE Recife UFPE. PR Curitiba PUCPR, UFPR. RJ Niterói UFF. RN Natal UFRN. RO Porto Velho Fac. São Lucas. RS Caxias do Sul UCS. Palmeira das Missões UFSM. Pelotas Ufpel. Porto Alegre PUCRS. Santa Cruz do Sul Unisc. São Leopoldo Unisinos. SC Criciúma Unesc-SC. SE São Cristóvão UFS. SP Campinas PUC-Campinas. Limeira Unicamp. Piracicaba Unimep. Ribeirão Preto Unaerp. Santos Universidade


Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o profissional formado no curso de Nutrição apresenta um grande campo de atuação. Além de abrir seu próprio consultório, o nutricionista encontra oportunidades em restaurantes, padarias, lanchonetes e supermercados, na indústria alimentícia, em clínicas e hospitais.
Outro setor que está em alta para o profissional formado no curso de Nutrição é o de alimentação coletiva. Organizações Não Governamentais (ONGs) procuram por profissionais dessa área para que estes atuem em programas de combate à desnutrição. Hoje em dia há também boas oportunidades de trabalho em empresas que investem na qualidade de vida dos empregados e dispõem de restaurantes internos.


ESTÁGIO

Estágio obrigatório? 

Sim

Quem recruta estagiários

- Clínicas.
- Empresas de refeição coletiva.
- Hospitais.

Melhor época do ano para procurar estágio 

O ano todo.

Momento ideal para iniciar estágio 

A partir do quinto ano.

Atividades do estágio

Varia bastante, conforme o local onde o aluno faz o estágio e a chefia. Pode executar desde tarefas simples e prestar auxílio ao nutricionista até atuar em atividades de planejamento, acompanhamento, capacitação de equipe de trabalho, palestras e atendimento a clientes.

Particularidades do estágio 

O aluno é obrigado a fazer estágio em todas as áreas da nutrição – clínica, nutrição social, administração em serviços de alimentação. Normalmente, o último ano de curso é dedicado ao estágio.

MERCADO
Profissionais no mercado 
53.415

Exigências para atuar na profissão 
- Ter diploma de graduação em Nutrição.
- Estar registrado no Conselho Regional de Nutricionistas.

Regulamentação 
Lei nº 8.234, de 17 de setembro de 1991.

Ganho inicial (média mensal) 
R$ 1,7 mil.

Ganho escalão intermediário (média mensal) 
De R$ 2,5 mil a R$ 3 mil.

Ganho no auge (média mensal) 
- Em empresas terceirizadas, cerca de R$ 4 mil.
- Para profissionais experientes e renomados, pode chegar R$ 30 mil, dependendo da atividade e do local de trabalho.

Atividades do início de carreira
- Em hospitais e empresas, acompanhamento do cardápio e da higiene na manipulação de alimentos.
- Na área de marketing de alimentos, análise de aspecto visual, sabor, composição química e tipo de público indicado.
- Atividades de relações públicas e promoção de educação alimentar.
- Produção de cardápios especiais.
- Compra, preparação e distribuição de alimentos.
- Atendimento a pacientes.

Evolução da profissão 
Não há muita variação das atividades ao longo da carreira. Com a experiência, o profissional assume a responsabilidade pela coordenação de equipes. Também pode se tornar consultor e montar a própria empresa.

Auge da carreira 
Cerca de cinco anos.

Dicas 
A evolução na carreira se dá por meio do aperfeiçoamento e da capacitação em nível de pós-graduação.

fontes: 1.http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/saude/nutricao-687250.shtml
2. http://www.guiadacarreira.com.br/carreira/nutricao/
3.http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/guia-de-profissoes/nutricao/4ee37a7cfb3b72f057000047.html

Aproveitei para olhar alguns vídeos de blogueiras que estão cursando nutrição e escolhi esses três da Ari.




Espero que vocês gostem, fiquei impressionada com algumas coisas que eu não sabia rs, enfim, espero que tenham ajudado. Um grande beijo, até a próxima !

2 comentários:

  1. Post muuuito explicativo, apesar de não ser a área em que eu desejo atuar. Gostaria de ver diários assim quando você começar a faculdade, Mari ;)
    vickyvaleriano.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pretendo gravar muitos videos falando sobre o curso quando eu começar a área, se Deus quiser

      Excluir